In Vendas

Às vezes, você tem que saber quando é hora de cortar a isca e correr.

É uma lição que os capitães de barco de pesca que ganham a vida caçando caranguejo no Mar de Bering sabem muito bem. No episódio mais recente da série de sucesso Deadliest Catch, Sig Hansen, capitão do Northwestern, finalmente atingiu números decentes de caranguejo, mas, com ventos com força de furacão e águas movimentadas, ele optou por retornar para o porto em vez de continuar a pescaria.

É uma lição que os representantes de vendas também devem aprender.

Os melhores times de vendas sabem quando se afastar de um acordo. Eles reconhecem os sinais de um acordo sem fim – um acordo que eles não têm absolutamente nenhuma chance de ganhar. Então, em vez de perseguir moinhos de vento ou correr atrás de unicórnios e desperdiçar milhares de reais, para não mencionar centenas de horas, eles simplesmente sabem quando é hora de concentrar seus esforços em outros lugares.

Concentre-se em negociações que você pode ganhar

Saber quando cortar isca e correr permite que as melhores equipes passem mais tempo e recursos em negócios que têm uma forte chance de ganhar. Isso produz maiores índices de ganhos, mais representantes de vendas batendo as metas e mais renda.

As organizações que sabem quando se afastar provavelmente têm uma coisa em comum: uma metodologia de ativação de vendas.

Um estudo recente da CSO Insights mostrou que as empresas com metodologia de ativação de vendas projetada, desenvolvida e operacionalizada ganham mais do que as empresas que não as possuem. A margem de sucesso é surpreendente – as empresas com  metodologia de ativação de vendas foram 10,2% mais bem-sucedidas em termos de faturamento bruto nas vendas.

Isso é o que acontece quando você se concentra em negócios que você pode ganhar. Às vezes, vale a pena cortar a isca e aguardar o tempo ensolarado (ou oportunidades melhores).

Conheça mais sobre nossas soluções em Performance de Vendas.

Posts Recomendados

Deixe um Comentário

aprendizado e reforço-0vendas complexas